Tag Archives: isolamento

FACEBOOK E REDES SOCIAIS 2017: JOVENS MAIS ISOLADOS?

Facebook Youtube e redes sociais 2017: Será bom ou aumenta o isolamento entre os jovens? O que diz a ciência?

Um estudo publicado na revista “American Journal of Preventive Medicine”apurou que quanto mais tempo um jovem adulto usa as redes sociais como o facebook, mais possibilidade tem de se sentir isolado.

EBOOKS + ARTIGOS EM PDF + VIDEOS + 100 RECURSOS

Por vezes, num minuto, encontramos uma informação tão preciosa que muda a nossa vida e saúde de forma extraordinária!

You have Successfully Subscribed!

O que diz o estudo?

O estudo liderado por Brian A. Primack, diretor do Centro Pitt’s de Investigação e Media, Tecnologia e Saúde, da Escola de Medicina da Universidade de Pittsburgh, demonstrou ainda que a frequência de utilização das redes sociais como o facebook está igualmente associada a um maior isolamento social.

Quem participou no estudo?

Para o estudo, o autor principal e colegas contaram, em 2014, com a participação de 1.787 jovens adultos norte-americanos com 19 a 32 anos de idade.

Facebook e redes sociais quais as estudadas?

Foi pedido aos jovens que respondessem a questionários para determinar o tempo e frequência de utilização das redes sociais, tendo sido formuladas questões sobre as redes com maior popularidade na altura: Facebook, YouTube, Twitter, Google Plus, Instagram, Snapchat, Reddit, Tumblr, Pinterest, Vine e LinkedIn.

Quanto tempo passam nas redes sociais como o facebook?

Após terem considerado uma variedade de fatores sociais e demográficos, os investigadores apuraram que os participantes que usavam as redes sociais mais de duas horas por dia apresentavam o dobro da possibilidade de percecionarem isolamento social do que os jovens que passavam menos de meia-hora por dia nas redes sociais.
Os participantes que visitavam várias plataformas sociais 58 vezes semanalmente ou mais apresentavam três vezes mais possibilidades de se sentirem socialmente isolados do que os que visitavam as plataformas menos de nove vezes por semana.

Qual a origem do isolamento?

“Ainda não sabemos o que veio primeiro, se a utilização das redes sociais ou se o isolamento social percecionado”, comentou Elizabeth Miller, autora sénior do estudo e professora de pediatria na Universidade de Pittsburgh.
“É possível que os jovens adultos que inicialmente se sentiam socialmente isolados se tenham virado para as redes sociais. Ou pode ser que uma maior frequência de utilização das redes sociais os tenha de alguma forma feito sentir isolados do mundo real. Ou pode ser uma combinação de ambos”, continuou.

Porque aumenta o isolamento?

A equipa de investigadores dá como possíveis explicações para este fenómeno o facto de as redes sociais afastarem os jovens das experiências sociais reais, de algumas características das redes sociais darem a sensação de o indivíduo se sentir excluído ou de a exposição à vida dos colegas dar a sensação que levam uma vida bem mais preenchida e feliz que a sua.

O que deve fazer o médico?

Face aos resultados, os investigadores aconselham os médicos a questionarem os pacientes mais jovens sobre os seus hábitos de uso das redes sociais.

Concluindo

As redes sociais, como o facebook, são uma extraordinária fonte de informação não filtrada. Trata-se de um fenómeno único da história humana. Nunca o ser humano teve acesso a tanta informação ao mesmo tempo e em tempo real! O excesso como tudo na vida está a tornar-se avassalador para aqueles que preenchem os seus “vazios internos” sem cuidarem da filtragem do que é boa informação e do que é simplesmente lixo. Infelizmente lixo é a maioria!
É muito curioso que um fenómeno tido como globalizante e que se julgava aproximar os humanos está a tornar imensas pessoas cada vez mais isoladas. O “voyeurismo” sobre a vida dos “amigos virtuais” aparentemente felizes e bem sucedidos na vida… pode ser um duro golpes na autoestima dos menos bem sucedidos e psicologicamente frageis! Daí até ás ideias depressivas sobre a sua própria vida vai um pequeno passo.
O isolamento e consequente perda de contacto social com a realidade faz esquecer que não existem pessoas sempre felizes, sorridentes, bem acompanhadas, profissionalmente bem sucedidas e com famílias perfeitas… isso não existe! A realidade é que todas as pessoas e famílias têm os seus momentos mais e menos felizes sendo certo que umas fazem mais por isso do que outras!
Dá que pensar… porquê tantos milhões de pessoas acreditam que a sua vida é muito menos interessantes que as outras… vidas… virtuais…? A autoestima é de facto uma peça estruturante da nossa personalidade que tem de ser muito melhor tratada e apoiada para que possamos realmente desejar um Mundo melhor…!
Por último talvez seja bom lembrar o caminho da humildade… dos que pintam uma vida magnífica… com pés de barro nas redes sociais… mas também dos coitadinhos que não têm sorte nenhuma na vida… porque fazem pouco por isso e têm inveja dos primeiros! A uns e a outros a dose de humildade certa será certamente a chave para terem uma vida real mais Feliz!
Fique bem!
Franklim Fernandes
Fonte:

Por favor PARTILHE ESTE ARTIGO