BRUXISMO dor de dentes ao acordar melhorsaude.org melhor blog de saude

BRUXISMO 2017: DORES DE DENTES AO ACORDAR?

Bruxismo 2017: Tem dores de dentes ao acordar? A dor de dentes ao acordar pode ser uma consequência do bruxismo noturno e de uma inflamação, causada pelo desgaste do esmalte. Além disso, esta dor pode ser causada por elevados níveis de stress.

Neste artigo vou responder ás seguintes questões:

  • O que é o bruxismo noturno?
  • Bruxismo diurno vs noturno: Quais as diferenças?
  • Que problemas pode causar?
  • Quais as causas?
  • Quais os sintomas e manifestações clínicas?
  • Diagnóstico: Como se faz?
  • Tratamento: Qual o melhor?
  • Que cuidados diários deve ter?

EBOOKS + ARTIGOS EM PDF + VIDEOS + 100 RECURSOS

Por vezes, num minuto, encontramos uma informação tão preciosa que muda a nossa vida e saúde de forma extraordinária!

You have Successfully Subscribed!

Bruxismo noturno: O que é?

O bruxismo noturno é um distúrbio do sono caracterizado pelo apertar e ranger dos dentes, de forma involuntária,  aplicando uma força excessiva sobre a musculatura mastigatória. A palavra bruxismo do sono vem do grego brycheinm, que significa ranger dos dentes. O hábito inconsciente de ranger os dentes durante o sono, é extremamente destrutivo para a arcada dentária.

Raspar a superfície dos dentes superiores contra a dos inferiores causa um desgaste do esmalte dentário, alterando a oclusão e a posição de repouso dos músculos mandibulares. O bruxismo envolve movimentos semelhantes aos da mastigação mas com longos períodos de contracção destes músculos.

Bruxismo diurno e noturno: Quais as diferenças?

O bruxismo diurno é diferente do bruxismo noturno ( ou do sono ).

Assim, o bruxismo diurno é caracterizado por uma atividade semivoluntária da mandíbula, que aperta os dentes enquanto a pessoa se encontra acordada e, geralmente, não ocorre o ranger de dentes, estando relacionado com um tique ou hábito.

O bruxismo do sono é uma atividade inconsciente de ranger ou apertar os dentes, com produção de sons, enquanto o indivíduo está a dormir. O bruxismo noturno é um problema que afeta sobretudo as crianças podendo também afetar os adultos.

Que problemas pode causar o bruxismo?

O bruxismo noturno pode causar problemas graves.

  • Dentes ficarem doloridos ou soltos, e, às vezes, partes dos dentes são literalmente desgastados,
  • Destruição do osso circunvizinho e do tecido da gengiva que pode ser grave,
  • Tensões ao nível das articulações temporomandibulares (ATM) que pode causar desgastes e eventuais problemas graves.

Bruxismo noturno: Quais as causas?

As causas do bruxismo do sono são multifatoriais e ainda pouco conhecidas mas existem algumas hipoteses que podem estar relacionadas com este distúrbio, a saber:

  • A má oclusão dentária
  • Tensão emocional como stress, tensão, ansiedade, raiva, medo ou frustrações.

A frequência e a severidade do ranger dos dentes pode variar a cada noite, consoante o estado emocional do doente.

Quais as principais manifestações clínicas do bruxismo noturno?

Os doentes com bruxismo apresentam, geralmente, os seguintes sintomas:

  • O ruído característico do ranger dos dentes,
  • Desgaste dentário,
  • Hipertrofia dos músculos mastigatórios e temporais,
  • Dores de cabeça ou de pescoço,
  • Disfunção da articulação temporomandibular,
  • Má qualidade de sono,
  • Sonolência diurna,
  • Inchaço da face,
  • Maxilares doridos,
  • Dores de ouvidos.

Normalmente, quem sofre de bruxismo não o sabe até que alguém se queixe do ruído que faz ao ranger os dentes enquanto dorme.

Sintomas do bruxismo

Diagnóstico do bruxismo: Como se faz?

O diagnóstico é feito pela observação de um desgaste dentário anormal, ruídos de ranger de dentes durante o sono e desconforto muscular mandibular.

A polissonografia regista os episódios de ranger dos dentes, permitindo identificar alterações do sono e microdespertares. As alterações predominam na fase 2 do sono não REM e nas transições entre as fases do sono.

A polissonografia permite ainda o diagnóstico de outros distúrbios do sono, tais como ronco, apnéia do sono, movimentos periódicos dos membros, distúrbio comportamental do sono REM e outros.

Qual o tratamento para o bruxismo noturno?

O tratamento deve ser individualizado para cada paciente. Como o bruxismo do sono tem causas variadas, o tratamento também segue na mesma orientação, a saber:

  • O uso de placas orais moles (silicone) ou duras (acrílico) visa a proteção dos dentes prevenindo o desgaste dentário ou fraturas durante o sono.
  • Psicoterapia
  • Intervenção odontológica
  • Intervenção farmacológica e suas combinações, de acordo com o perfil do paciente

Aplicações locais de toxina botulínica nos músculos envolvidos têm sido utilizadas em casos de bruxismo do sono que não respondem ao tratamento convencional.

7 DORES EBOOK GRÁTIS melhorsaude.org melhor blog de saude

O bruximo é uma das principais causas de desgaste dentário, má oclusão severa, fractura dentária, dores variadas e, mais grave, de artrite temporomaxilar (ATM).

A articulação temporomaxilar é a mais complexa do corpo: abre e fecha como uma dobradiça e desliza para a frente, para trás e lateralmente, estando submetida a uma grande pressão durante a mastigação e sendo essencial no nosso dia-a-dia. Para controlar o bruxismo, é aconselhável reduzir o nível de stress e fazer terapias de relaxamento.

Que cuidados diários se deve ter?

Para combater o incómodo causado por este distúrbio, existem várias recomendações que deve seguir:

    • Evite alimentos rijos como nozes ou chocolate
    • Massaje os músculos do rosto e pescoço
    • Aplique gelo ou uma toalha quente e molhada na face a fim de relaxar os músculos doridos

Concluindo

Uma dor de dentes ao acordar deve ser analisada pelo seu médico. Como se percebe por este artigo, dores aparentemente simples podem causar problemas muito graves e de dificil tratamento se não forem “atacadas” a tempo! Não facilite, uma dor é sempre um sinal de alerta de que algo não está bem. Pode ser uma situação simples sem gravidade mas também pode ser um início de algo mais grave! Em qualquer caso o caminho é consultar o médico para ter a certeza e dormir com menos essa preocupação!

Fique bem

Franklim Fernandes

POR FAVOR PARTILHE ESTE ARTIGO

Fique bem!

Franklim Fernandes